Henê x DMDM E Hidróxido de Sódio

Vamos falar sobre o assunto que de longe, foi o mais comentado entre as henezadas em 2018, o uso de hidróxido de sódio e DMDM. O que são? Onde vivem? Para que servem? Hoje, no Ateliê da Bruna! Hahahaha

O que são?

Hidróxido De Sódio

Hidróxido De Sódio
Via: Wikipédia

É a famosa soda cáustica, muito utilizada na fabricação de sabão, e também em outros produtos, como papel, tecidos e até alimentos.

DMDM Hydantoin

DMDM Hydantoin
Via: bBF1 Malaysia

O DMDM hydatoin, ou traduzido, hidantoina, é um produto conservante e liberadores de formaldeído, ou seja, em algumas circunstâncias, ele libera o formol.

Quais suas funções?

DMDM Hydantoin

Sua função no uso de cosméticos, é apenas de conservante. Ou seja, é ele quem conserva o seu produto, que irá garantir a durabilidade dele.

Hidróxido De Sódio

Assim como o DMDM, ele também é usado como conservante. Com ressalvas do seu uso em algumas químicas que possuem o hidróxido de sódio como componente base.

Quais seus riscos?

Nenhum dos dois possui um risco propriamente dito, pois as empresas utilizam nos cosméticos quantidades baixas deles, tendo assim uma segurança, tanto para a saúde, quanto para o cabelo.

Porém, já não é de hoje, portanto não é moda, que profissionais da área de saúde alertem sobre o uso de determinados conservantes, inclusive os dos quais estamos falando. Não que eles sejam prejudiciais à saúde, porém, podem aumentar danos em cabelos já danificados. Prestem bem atenção, aumentar os danos em um cabelo que JÁ ESTÁ DANIFICADO.

E sua incompatibilidade com henê?

Realmente ambos são incompatíveis com henê, mas somente quanto carregam com si, a função transformadora, ou seja, quando estão na forma de química capilar, seja em alisantes, permanentes, relaxantes, etc. Quando estão presentes em cosméticos de uso diário, como shampoo, máscaras e condicionadores, eles não tem o poder de danificar sozinho um cabelo, mas como citei acima, pode aumentar os danos em cabelos já danificados, por serem conservantes mais “fortes” do que outros.

Por isso, se você utiliza henê e seu cabelo está saudável, não há necessidade de parar o uso desses componentes, apenas suspenda caso você esteja com quebra, queda e ainda não tenha encontrado a real causa dos danos, pois nesse caso, esses conservantes podem ser sim o fator agravante.

Lembrando que até alguns henês possuem hidróxido de sódio na sua composição, e ele está lá apenas como conservante.

Nota!

Há um tempinho, a youtuber Marina Komati criou uma tabelinha onde ela listava com propriedade os componentes incompatíveis com o henê, e lá estavam o hidróxido de sódio e o DMDM. A partir daí, muitas pessoas relacionaram a sua incompatibilidade com o henê, quando na verdade, aquela tabela se refere a componentes na forma transformadora (como química capilar) e não como conservantes, por isso, eles não se tornam propriamente incompatíveis, apenas são mais fortes que outros conservante e podem agravar danos.

Qualquer dúvida já sabem, podem deixar aqui nos comentários!

Beijinhos!

Não deixe de conferir também:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.