Tudo Sobre Henê: Modo de Uso; Precauções e Teste de Mecha

E lá vamos nós com a segunda parte da série Tudo Sobre Henê. Hoje vou falar sobre como funciona o modo de uso do produto, as precauções que cada um deve tomar e contra indicações, e também sobre o teste de mechas e de sensibilidade, que é um passo extremamente importante e indispensável para o uso de qualquer produto, principalmente químicas.

Se você caiu aqui de paraquedas e ainda não viu a primeira e nem a terceira parte, vou disponibilizar os links abaixo, é só clicar!

1ª Parte:Tudo Sobre Henê: O que é; Princípio Ativo e Ação nos Cabelos

3ª Parte:Tudo Sobre Henê: Tipos; Marcas e Retoques

 

Meu Cabelo com Henê

Modo de Uso

Sempre antes de utilizar qualquer química, é necessário a prova de sensibilidade e o teste de mecha, esses passos são indispensáveis. Vou falar abaixo sobre eles. Você deve sempre respeitar a indicação do fabricante. Porém, de modo geral, o henê deve ser aplicado nos cabelos secos e sujos, para evitar alergias no couro cabeludo, mecha a mecha esticando cada uma delas com um pente. Após a aplicação deve-se cobrir os cabelos com uma touca de hidratação para evitar o ressecamento do produto. Deixe sempre o tempo que o fabricante indica, NUNCA ultrapasse, esse tempo geralmente varia de 1 a 2 horas. Após o tempo de pausa enxague e lave o cabelo normalmente. O alisamento é progressivo, os resultados só começam a aparecer após a quinta aplicação, e o número de aplicações suficientes para o alisamento, dependerá da estrutura e tipo de cada cabelo, e do resultado desejado.

Precauções

*O henê é incompatível com algumas químicas que agem internamente no fio. Reparem, ele é incompatível com ALGUMAS químicas, mas existem progressivas e tinturas compatíveis. Abaixo, está a lista de ativos incompatíveis com henê, qualquer dúvida, leia a embalagem dos produtos que irá utilizar e compare os componentes.

  • Ácido Glioxílico
  • Água Oxigenada
  • Amônia
  • Guanidina
  • Hidróxidos (hidróxido de amônia, sódio, etc.)
  • Tioglicolato (tioglicolato de sódio, amônia, etc.)
  • DMDM Hydantoin (dependendo da concentração, se torna incompatível)
  • Methanal
  • Óxido de Metileno
  • Oxymethylene
  • Methylaldehyde
  • Oxomethane
  • a-hydrxy
  • Cetyl Lactate
  • Glycolic Acid + Lactic Acid (somente quando estão juntos na mesma composição, os dois separados são compatíveis)
  • Glyoxyloyl Carbocysteine
  • Glyoxyloyl Keratin Amino Acids
  • Henê é química assim como qualquer outra, como uma progressiva ou um relaxamento, e deve ser tratado como tal. Use com cautela, respeitando as indicações do fabricante. Nunca ultrapasse o tempo de pausa, não misture nada ao henê (a não ser que a embalagem indique) e não o utilize em cabelos danificados.
  • Utilize o henê adequado para o seu tipo de cabelo.
  • Mesmo que você tenha qualquer química nos fios, você pode utilizar o henê (desde que seu cabelo esteja saudável), as químicas se tornam incompatíveis depois do uso do henê, por conta do seu modo de ação como citei no post anterior. Lembre-se sempre da frase “antes do henê tudo, depois do henê nada”. Mas volto a dizer que existem algumas químicas compatíveis com ele. Caso você tenha alguma química nos fios (sendo compatível ou não), e queira usar o henê, deve-se aguardar no mínimo 30 dias para realizar o teste de mechas. Isso também vale para tinturas.
  • Grávidas e lactantes só podem utilizar com permissão médica.
  • O uso do henê não é indicado em menores de 12 anos.
  • Utilize o henê apenas para o fim que se destina, alisamento dos cabelos, não o utilize em outros locais como sobrancelhas, cílios ou barba.
  • Sempre antes de iniciar o uso, faça o teste de mechas e sensibilidade.
  • Fique de olho nos produtos que prometem alisamento, como máscaras, shampoos, etc, que prometem alisar o cabelo. A maioria são incompatíveis, sempre olhe a composição.
  • Se você utiliza o henê e quer usar outra química ou tintura compatível, aguarde 15 dias entre a aplicação do henê e a aplicação do outro produto.
  • Durante a aplicação, deixe um espaço de 0,5 cm da raiz, para evitar alergias e outros problemas.
  • Não utilize o produto caso você seja alérgico há algum componente.

Teste de Mechas e Sensibilidade

Teste de Mecha

Faça a aplicação do produto normalmente em apenas uma pequena mecha do seu cabelo, aconselho que seja uma mecha da parte de trás da cabeça, pois se der errado dá para esconder! Aplique e retire o produto como o fabricante exige e aguarde 24 horas observando essa mecha. Se ela permanecer saudável, você pode iniciar o uso, caso contrário, se a mecha se danificar (ficar elástica, opaca demais, quebradiça, muito seca, etc.) cuide do fio e depois de no mínimo 1 mês, refaça o teste.

Teste de Sensibilidade

Aplique uma pequena quantidade do produto no antebraço e atrás da orelha (pois são regiões sensíveis), aguarde o tempo de pausa indicado pelo fabricante e depois lave normalmente. Caso haja processos alérgicos como, vermelhidão excessiva, coceira, feridas ou urticárias (famoso empolamento ou calombo) não utilize o produto, e caso o quadro se agrave, procure um médico.

Espero que tenham gostado e estejam gostando da série. Sexta vai ter o terceiro e último post, fiquem de olho heim? Me sigam também nas redes sociais que estão abaixo, eu sempre aviso dos posts por lá! Me ajude compartilhando para mais pessoas saberem essas informações!

Beijão!

Não deixe de conferir também:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.